Home | Blog | Check-list dos exames para fazer na gravidez

Check-list dos exames para fazer na gravidez

Por mais que o isolamento social seja importante, a pandemia decorrente do novo coronavírus não elimina a necessidade de fazer os exames do pré-natal. Para garantir a segurança das futuras mamães, basta escolher uma clínica que esteja seguindo os protocolos recomendados pelos órgãos de saúde para minimizar o risco de transmissão da Covid-19.

Dito isso, confira a lista dos principais exames para fazer na gravidez. Caso seu obstetra tenha deixado de pedir algum, não se preocupe. É esperado que as solicitações variem, conforme o estado clínico de cada gestante.

Quais são os cuidados básicos para realizar os exames durante a pandemia?

O acompanhamento pré-natal é essencial para avaliar as condições pré-existentes e decorrentes da gestação. Entre os diversos assuntos tratados com o obstetra, ele solicita uma série de exames.

Para realizá-los com segurança, além de manter o distanciamento social sempre que possível, deve-se:

  • ir à clínica usando a máscara adequadamente, cobrindo nariz e boca;
  • trocar a máscara a cada duas horas, retirando-a corretamente;
  • lavar a mãos com água e sabão e/ou usar álcool em gel 70%;
  • não levar as mãos ao rosto, muito menos próximo do nariz, olhos ou boca;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal enquanto estiver na clínica ou em trânsito;
  • ao retornar, retirar os sapatos ou limpar as solas antes de entrar em casa;
  • deixar os papéis dos exames em um local isolado, para aguardar a respectiva “quarentena”, de 24 horas;
  • desinfetar a bolsa, a carteira e o celular com álcool 70% ou, se preferir, deixá-los cumprir a “quarentena”;
  • colocar as roupas usadas no dia do exame para lavar, assim como a(s) máscara(s);
  • tomar um bom banho, inclusive lavando o cabelo.

No entanto, caso apresente sintomas de gripe, como tosse, congestão nasal, febre e, principalmente, dificuldade para respirar, na véspera dos exames, não vá diretamente à clínica. Antes, converse com seu obstetra para verificar a melhor forma de proceder.

Quais exames para fazer na gravidez são considerados indispensáveis?

Antes de engravidar, os médicos recomendam que se faça uma consulta pré-concepcional. Na ocasião, além da análise do histórico clínico, o obstetra irá realizar alguns exames físicos e solicitar os laboratoriais. São eles:

  • hemograma completo;
  • glicemia;
  • função da tireoide;
  • sorologias infecciosas para sífilis, hepatites B e C, rubéola e HIV.

No entanto, caso não haja um planejamento gestacional, a primeira consulta ao obstetra deve ser marcada assim que a gravidez for confirmada. Para isso, aliás, o médico solicita o HCG fração beta quantitativo.

Muitas vezes, ele também pede um ultrassom transvaginal. Trata-se de um exame de imagem importante para verificar se a gestação está no local correto.

A seguir, confira os exames mais solicitados em cada trimestre da gestação. Aproveite e faça seu checklist!

Exames do 1º trimestre

No primeiro trimestre, os obstetras costumam pedir:

  • tipagem sanguínea e fator Rh;
  • Coombs indireto, caso a gestante seja Rh negativo;
  • glicemia em jejum (também chamado de pesquisa de diabetes);
  • dosagem de TSH e T4 livre;
  • sorologia para sífilis, rubéola, HIV, hepatites B e C, toxoplasmose IgM e IgG e citomegalovírus (somente para gestantes em grupo de risco);
  • urocultura e urina tipo I;
  • ultrassonografia obstétrica inicial, para confirmar a data da gestação, bem como se o embrião está se desenvolvendo corretamente e se a gravidez é única ou múltipla;
  • ultrassonografia morfológica, para avaliar se existe o risco de o feto ter alguma síndrome cromossômica, como síndrome de Down.

Exames do 2º trimestre

No segundo trimestre, os exames realizados são apenas:

  • teste de tolerância oral à glicose, para detecção do diabetes gestacional;
  • ultrassonografia morfológica, na qual é possível identificar malformações fetais, mas também ver o sexo do bebê.

Exames do 3º trimestre

No terceiro trimestre, os principais exames são:

  • hemograma;
  • sorologia para algumas doenças, como sífilis, HIV, hepatites B e C e toxoplasmose;
  • pesquisa de estreptococo do grupo B;
  • ultrassonografia obstétrica, para avaliação do crescimento fetal.

Quais são os exames complementares pedidos durante a gestação?

Caso haja indicação clínica, o obstetra pode solicitar exames de secreção vaginal, parasitológico de fezes, Papanicolau, entre outros, ainda no primeiro trimestre. Existem, também, os exames pedidos por conta de complicações.

Esses variam caso a caso, conforme o quadro de cada gestante. Por exemplo, em mães com mais de 35 anos, costuma-se pedir um ecocardiograma fetal com doppler.

Já a realização do exame de sexagem fetal fica a cargo da gestante. Caso deseje, ele pode ser feito a partir de sete semanas.

Os ultrassons 3D ou 4D, por sua vez, são realizados no último trimestre. Eles permitem aos pais ver o rosto do bebê. Apesar de não serem obrigatórios, esses exames auxiliam o médico a avaliar certos órgãos (como pulmão e coração) com mais clareza.

Agora é com você! Adote os cuidados necessários contra a Covid-19 e faça os exames pedidos pelo seu obstetra. Para ajudar, peça que elabore um check-list personalizado dos exames para fazer na gravidez. Dessa maneira, você terá uma gestação tranquila e um ótimo parto!

Gostou do artigo? Para ficar por dentro de outras dicas, siga o Magscan no Facebook e Instagram!

Magscan - Medicina e Saúde
Hoje, a Magscan é uma das empresas de saúde mais conceituadas do Norte do Brasil. Em 2019, ampliou seu portfólio de serviços, indo além dos exames de imagem e inaugurando em seu laboratório de análises clínicas.
Resultado de Exames Agendar Exame
© 2010-2022 MAGSCAN - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS