Home | Blog | Dor no joelho: o que pode ser?

Dor no joelho: o que pode ser?

Uma vida inteira jogando bola, praticando corrida ou, simplesmente, agachando e levantando o tempo inteiro. De repente, eis que você ouve um estalo ou sente uma fisgada no joelho. O pior é que, muitas vezes, o incômodo se intensifica e se torna permanente, prejudicando, inclusive, os hábitos saudáveis no dia a dia. Assim, muita gente se pergunta o que pode ser a dor no joelho que tanto compromete a qualidade de vida. Seria culpa do envelhecimento? Nem sempre. É possível tratar? Sim, mas para isso é preciso diagnosticar o sintoma corretamente.

Neste artigo, mostramos algumas das principais causas das dores nessa articulação e suas prováveis origens. Continue a leitura e encontre as respostas que você procura!

Quais são os sintomas relacionados à dor no joelho?

Dor ao dobrar ou esticar as pernas, sentida ao correr, andar ou ao se sentar e levantar. Com inchaço ou não, quentura ou não, estalos ou não. Localizada na parte frontal ou difusa. As variáveis relacionadas às dores no joelho são muitas e estão, diretamente, ligadas à origem do problema.

Dor no joelho: o que pode ser?

Traumas (por conta de uma queda ou batida) e doenças degenerativas: esses são os maiores causadores do problema. A seguir, conheça alguns dos principais responsáveis pelas dores no joelho.

Joelho de corredor

Joelho de corredor é o nome dado ao problema que acomete a parte frontal do joelho. Geralmente, ele começa sendo sentido ao correr em declínio. Posteriormente, se não houver tratamento, qualquer corrida (ou mesmo caminhada) se torna inviável.

As causas mais comuns do joelho de corredor são a fraqueza dos músculos das coxas, a rigidez dos tendões das pernas e a pronação intensa (rotação do pé excessivamente para dentro, fazendo com que a parte de fora dos pés seja a primeira a tocar o chão durante as pisadas).

Artrose

A artrose (ou osteoartrite) é uma doença que degenera as cartilagens, sendo a principal causa de dor articular em adultos. Ela se manifesta como uma dor que piora com os movimentos e melhora com o repouso. Muitas vezes, é acompanhada de rigidez articular, inchaço e quentura.

Sem tratamento, a artrose se torna cada vez mais intensa, levando à incapacitação. Apesar de ser mais comum em pessoas com mais de 60 anos de idade, o envelhecimento não é o único fator de risco. Obesidade, sedentarismo e predisposição genética também influenciam no seu aparecimento.

Entorse

A entorse é o rompimento de um ou mais ligamentos no joelho, o que, geralmente, ocorre após a torção da perna. No momento da lesão, é comum ouvir um estalo no joelho. Em seguida, a área acometida fica dolorida e inchada.

O tratamento da entorse varia de acordo com o grau da lesão. Na maioria das vezes, o problema é tratado com a combinação de proteção, repouso, gelo e compressão. No entanto, em certos casos é preciso fazer uma cirurgia reparadora.

Tendinites

A tendinite é a inflamação do tendão, a qual gera dor na lateral do joelho e, às vezes, edema e calor. Ela pode ser causada pelo próprio envelhecimento ou, em pessoas mais jovens, pelo esforço repetitivo ao fazer exercícios físicos (principalmente, de maneira errada) ou outras tarefas, surgindo aos poucos e piorando com o decorrer do tempo.

Como é o diagnóstico do problema?

A avaliação do médico se baseia na anamnese (histórico clínico, sintomas relatados pelo paciente e estilo de vida) e no exame físico realizado no consultório. Além disso, os exames de imagem também são essenciais no diagnóstico do problema.

ressonância magnética é o exame mais pedido pelos especialistas. Já em casos mais simples, o raio-X costuma ser suficiente.

Além disso, o ultrassom (como no caso da tendinite), exames de sangue (se houver suspeita de processo inflamatório) e tomografia computadorizada (se for preciso avaliar a parte óssea do joelho, como quando há instabilidade femoropatelar) também podem ser solicitados.

Agora que você conhece alguns dos fatores que podem estar causando o quadro doloroso, não demore para buscar ajuda. Procure um médico, faça os exames complementares e se esforce para seguir o tratamento da melhor forma possível. Por mais complexa que a investigação seja, a pergunta “dor no joelho, o que pode ser?” não deve ficar sem resposta.

Esperamos que o artigo tenha sido útil. Se você se interessa por orientações sobre saúde e cuidados pessoais, siga a Magscan no Instagram e Facebook e fique por dentro de outras dicas!

Magscan - Medicina e Saúde
Hoje, a Magscan é uma das empresas de saúde mais conceituadas do Norte do Brasil. Em 2019, ampliou seu portfólio de serviços, indo além dos exames de imagem e inaugurando em seu laboratório de análises clínicas.
Resultado de Exames Agendar Exame
© 2010-2022 MAGSCAN - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS