Home | Blog | Saúde do homem: tabus e convenções sociais dificultam a prevenção

Saúde do homem: tabus e convenções sociais dificultam a prevenção

A saúde homem não costuma ser debatida. Exposição a situações de risco, acidentes de trânsito, consumo de álcool e drogas com maior frequência, bem como a falta de atenção à saúde, são fatores que contribuem para que quatro a cada cinco pessoas que morrem sejam do sexo masculino.

Diversos mitos cercam a saúde preventiva do homem, como a ideia de que câncer de próstata e a disfunção erétil só atingem idosos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia apenas 32% dos brasileiros declararam já ter feito o exame de próstata e 44% nunca foram ao urologista.

A disfunção erétil pode atingir os homens jovens que não cuidam bem da saúde.  A possível presença de outras doenças com hipertensão, depressão, distúrbios hormonais, obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares, colaboram para o quadro.

O Ministério da Saúde possui uma Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, que visa organizar ações afirmativas e inclusivas. Do mesmo modo, busca sensibilizar  profissionais de saúde, para que por sua vez, busquem também aproximar seus pacientes da temática.

Com saúde definitivamente não se brinca. Alguns exames podem garantir o diagnóstico precoce  de doenças e devem ser feitos periodicamente, são eles:

  • Pressão arterial;
  • Hemograma Completo;
  • Testes de urina;
  • Teste de fezes;
  • Teste de glicemia;
  • Atualização da carteira vacinal;
  • Verificação do perímetro;
  • Teste de IMC.

Homens, tomem a decisão de cuidar da saúde! Prevenir é sempre melhor que remediar. Saúde vai além da ausência de doenças, é estar vivendo a plena qualidade de vida e bem-estar.

 

Madu
Resultado de Exames Agendar Exame
© 2010-2022 MAGSCAN - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS