Home | Blog | Exames de rotina: para que servem e quais são os principais?

Exames de rotina: para que servem e quais são os principais?

fevereiro / 2022
para-previnir-o-surgimento-de-doencas

Foi-se o tempo em que a correria diária era um impeditivo para não realizar os exames de rotina. Atualmente, centros de diagnóstico de referência possibilitam uma série de facilidades. Na Magscan, por exemplo, nossos clientes podem fazer o agendamento online, realizar todos os testes no mesmo local e obter os resultados, também, pela internet.

Neste artigo, reunimos os exames laboratoriais de rotina mais comuns, assim como os principais exames de imagem. Para conhecê-los, continue a leitura!

Para que servem os exames de rotina de sangue, urina e fezes?

Exames laboratoriais de rotina servem para prevenir doenças, bem como identificar alterações precocemente e prevenir seu agravamento, permitindo ao médico indicar medidas que ajudem nesse sentido. Assim, devem ser realizados de forma periódica.

A periodicidade, por sua vez, varia de acordo com o sexo, idade e estado de saúde do paciente, sendo definida pelo médico que o acompanha. De maneira geral, as recomendações seguem o seguinte padrão:

  • em indivíduos com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, indica-se fazer o check-up de rotina a cada seis meses;
  • já em adultos saudáveis e assintomáticos, recomenda-se realizá-los uma vez por ano.

Quais são os exames mais comuns?

Os exames de rotina possibilitam ao médico verificar o funcionamento de alguns órgãos vitais. Além disso, são úteis na identificação de infecções e alterações no organismo. Confira os mais comuns:

  • hemograma, indicado para avaliar as células do sangue e identificar problemas como infecções, alergias, anemia, entre muitos outros;
  • ureia e creatinina, indicadas para avaliar a função dos rins;
  • ácido úrico, indicado para estimar o risco para diversas doenças, como gota, cálculo renal e problemas cardiovasculares;
  • glicemia de jejum, indicada para medir as taxas de glicose no sangue e, com isso, detectar a hipo e a hiperglicemia, bem como prevenir e acompanhar o diabetes;
  • colesterol, indicado para medir as frações de gorduras (HDL, LDL e VLDL) no sangue;
  • triglicerídeos, indicado para mostrar a presença de processos inflamatórios no organismo;
  • transaminases (TGO ou AST e TGP ou ALP), indicadas para investigar a função do fígado e detectar doenças como o hipotireoidismo;
  • TSH e T4 livre, indicados para avaliar o funcionamento da tireoide;
  • fosfatase alcalina, indicada para revelar alterações no fígado e nos rins;
  • gama-glutamiltransferase, indicada para identificar possíveis alterações hepáticas;
  • proteína C reativa (PCR), indicada para avaliar se existem inflamações em curso no organismo;
  • urina tipo I, indicada para dosar hemácias, leucócitos, proteínas, glicose e bactérias no sangue e diagnosticar de infecções urinárias até doenças sistêmicas;
  • parasitológico de fezes (EPF), indicado para identificar parasitas causadores de problemas no aparelho digestivo, assim como intolerâncias e alergias alimentares.

Há outros exames complementares?

Sim. Diversos exames complementares podem ser solicitados. A indicação varia conforme a idade, estado de saúde, fatores de risco (obesidade, tabagismo e sedentarismo) e histórico (pessoal e familiar).

No caso de diabéticos, por exemplo, os médicos costumam pedir a hemoglobina glicada, a qual avalia a quantidade de glicose circulante. Além disso, exames cardiológicos, como o teste ergométrico, também são bastante realizados.

Quais são os exames de rotina para homens?

Além dos exames periódicos gerais, há exames específicos para homens, os quais permitem identificar, precocemente, doenças prevalentes em determinadas faixas etárias. Na lista aparecem:

  • exames para infecções sexualmente transmissíveis (IST);
  • antígeno prostático específico (PSA), para avaliar as funções da próstata, e toque retal, para prevenir o câncer de próstata;
  • ultrassons testicular e do aparelho urinário, para verificar possíveis alterações nessas estruturas.

Quais são os exames de rotina femininos?

Os exames de rotina femininos ajudam, entre outros aspectos, a identificar possíveis alterações no aparelho reprodutivo. Os principais são:

  • exames para ISTs;
  • ultrassom pélvico ou transvaginal, para analisar anomalias no aparelho reprodutor, urinário e digestivo;
  • Papanicolau, para prevenir o câncer de colo do útero;
  • ultrassonografia de mamas ou mamografia (após os 40 anos), para prevenir ou diagnosticar o câncer de mama;
  • densitometria óssea, para prevenir ou diagnosticar enfermidades que aumentam o risco de fraturas, como osteoporose e osteopenia.

Agora que você conhece os alcances dos exames de rotina, saiba que realizá-los em uma clínica bem conceituada faz toda a diferença na precisão dos resultados. Caso esteja na região de Manaus, conte com a infraestrutura de qualidade e o corpo clínico altamente capacitado da Magscan!

Faça seu agendamento pelo site agora mesmo. Acesse nossa central de marcação online e veja como é prático colocar os cuidados com a sua saúde em dia!

Madu
Resultado de Exames Agendar Exame
© 2010-2022 MAGSCAN - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS