Home | Blog | 6 dicas para ter uma gravidez saudável e tranquila

6 dicas para ter uma gravidez saudável e tranquila

6 dicas para ter uma gravidez saudável e tranquila

Como ter uma gravidez saudável e tranquila em meio às demandas diárias e à “loucura” do mundo lá fora? Simples: colocando o foco no que realmente importa, ou seja, você e seu bebê. Para as mamães de primeira viagem, funciona assim: sua agenda estará repleta de consultas, exames e atividades ligadas à gestação — que vão de aulas variadas à compra do enxoval. Em relação a todo o “resto”, dá-se um jeito.

Portanto, vamos lá: você está grávida ou pretende engravidar em breve? Então, siga nossas dicas e aproveite o momento para cuidar de vocês!

Como ter uma gravidez saudável?

Para isso, é preciso abandonar comportamentos nocivos e se reeducar. A boa notícia é que a gestação pode ser uma janela de oportunidades para a aquisição de novos hábitos. Esses não só podem, como devem, ser mantidos por toda a vida. Confira!

1. Boas escolhas alimentares

O cuidado com a alimentação é especialmente importante na gestação. Além do bom desenvolvimento fetal, ela ajuda a prevenir o ganho excessivo de peso, a hipertensão e o diabetes gestacional.

Ministério da Saúde e a Universidade de São Paulo (USP) recomendam que uma dieta para gestantes deve priorizar alimentos in natura bem variados, além de alimentos minimamente processados. Também salientam a importância de ingerir bastante água, pois ela ajuda a suprir as necessidades de ferro, cálcio, vitaminas A e D e ácido fólico.

No mais, faça do arroz com feijão (ou outras leguminosas) a base da alimentação diária. Além disso, coma uma fruta cítrica (laranja, caju, entre outras) ou um legume amarelo-alaranjado (como abóbora ou cenoura) nas refeições principais.

Por outro lado, minimize o uso de sal e evite (ou, se possível, corte):

  • os temperos industrializados;

  • refrigerantes, sucos de caixinha ou em pó;

  • adoçantes;

  • ultraprocessados (bolachas recheadas, salgadinhos de pacote, macarrão instantâneo e guloseimas em geral).

2. Atividades físicas regulares

A prática regular de atividades físicas deve ser feita tanto por gestantes que já eram ativas quanto pelas, até então, sedentárias. Para as primeiras, pode-se manter a modalidade habitual, desde que compatível com o período gestacional; já para as segundas, a orientação é optar por atividades de intensidade leve, como caminhadas ou, até mesmo, yoga para gestantes.

3. Sem mais tabagismo e etilismo

O cigarro na gravidez afeta não apenas a gestante, mas também o bebê. Entre os problemas, fumar aumenta o risco de parto prematuro e baixo peso ao nascer.

Já o álcool atravessa a placenta, mas o fígado do bebê ainda não é capaz de processá-lo. A consequência pode ser problemas como malformações, atraso no crescimento, anomalias no sistema nervoso central, entre outros prejuízos no desenvolvimento.

4. Estresse sob controle

O estresse psicológico na gestação aumenta as chances de depressão pós-parto, além de impactar negativamente sobre a saúde do bebê. Para ter uma gravidez saudável e tranquila, invista em cuidados com a saúde mental. Por exemplo:

  • encontre formas de relaxar (medite, leia, escute música, etc);

  • procure dormir bem;

  • faça terapia.

5. Vacinas em dia

As vacinas para gestantes, sejam do calendário nacional de imunização, indicadas em situações especiais ou pertencentes às campanhas de imunização, são muito importantes. Elas previnem uma série de infecções na mãe e no bebê, bem como garantem a proteção para os seus primeiros meses de vida.

6. Pré-natal adequado

Ir às consultas periódicas e realizar os exames do pré-natal é imprescindível. Dessa maneira, pode-se acompanhar as condições pré-existentes e decorrentes da gestação e tomar as medidas necessárias para o melhor desfecho possível. A seguir, confira os principais exames por trimestre gestacional.

No primeiro trimestre:

  • tipagem sanguínea e fator Rh;

  • glicemia em jejum;

  • dosagem de TSH e T4 livre;

  • sorologias infecciosas;

  • urocultura e urina tipo I;

  • ultrassonografia obstétrica inicial;

  • ultrassonografia morfológica.

No segundo trimestre:

  • teste de tolerância oral à glicose;

  • ultrassonografia morfológica.

No terceiro trimestre:

  • hemograma;

  • sorologias infecciosas;

  • pesquisa de estreptococo do grupo B;

  • ultrassonografia obstétrica; entre outros.

Onde realizar os exames pré-natal em Manaus?

Faça seus exames para a gravidez em um centro de referência em medicina diagnóstica, que tenha um corpo clínico altamente capacitado e infraestrutura completa. Isso leva à precisão dos resultados — o que é essencial para guiar, corretamente, as orientações do obstetra. Em Manaus, AM, e região, as gestantes podem contar com a excelência da Magscan.

Agora que você sabe como ter uma gravidez saudável e tranquila, coloque as dicas em prática! Como mostrado, investir nessas medidas possibilita ter melhores resultados maternos e neonatais. Além disso, se mantidos, os novos hábitos irão refletir positivamente na qualidade de vida da família por muitos e muitos anos!

Gostou do conteúdo? Para conferir mais dicas de saúde e bem-estar, siga a Magscan no Facebook e Instagram!

Magscan - Medicina e Saúde
Hoje, a Magscan é uma das empresas de saúde mais conceituadas do Norte do Brasil. Em 2019, ampliou seu portfólio de serviços, indo além dos exames de imagem e inaugurando em seu laboratório de análises clínicas.
Resultado de Exames Agendar Exame
© 2010-2022 MAGSCAN - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS